Just another Brazilian Student in Ireland

Posts com tag “Ireland

1 ano de Irlanda !

Olá pessoal, como vocês estão? Espero que tudo bem ! Depois de uma semana de sol, o tempo ficou frio e na última terça-feira estava tendo chuva congelada e se a temperatura tivesse caído mais teríamos tido neve em pleno abril aqui ! Mas não é para falar do clima que vim ao blog, e sim para dizer que completei 1 ano de vida na Irlanda no último dia 5 de abril ! Pois é o tempo passa rápido demais…

O começo 

Parece que foi ontem que eu estava em Santa Cruz planejando nosso intercâmbio ( meu e da Ivana ), primeiramente cada um iria para um canto do planeta, a Ivana iria para os Estados Unidos para ser au pair(cuidar de crianças) e eu sempre quis vir para Europa. Inglaterra  era o destino mais interessante e Alemanha também, mas tanto o preço quanto exigido para apresentar na imigração como a dificuldade de se manter sem um emprego nesses países tornavam o intercâmbio inviável. Pesquisa de cá, pesquisa de lá e a Irlanda entrou no nosso caminho, a Ivana abandonou os Estados Unidos devido à falta de empenho da agência CI em encontrar uma família para ela, 280 reais desperdiçados ! Fazíamos a nossa parte estudando inglês na escola Yeah! Idiomas onde a Ivana trabalhara anteriormente, sempre que possível assistíamos a seriados da Warner Channel para ir praticando inglês, Two and a Half Men e Friends tiveram grande influência! Todos os dias praticamente pegávamos nosso almoço e íamos para frente da TV. Nesse meio tempo uma agência de intercâmbio chamada Estudar no Exterior apareceu na escola oferecendo pacotes de intercâmbio e foi então que fechamos negócio. Ficou decidido que a Ivana iria primeiro e eu iria “logo em seguida” ( 6 meses depois, rsrsrs ) e foi assim que tudo começou…

Eu e a Ivaninha na Escócia

Adaptação

O ser humano não gosta de mudanças e isso é fato, ninguém gosta de trocar o certo pelo duvidoso, o conforto da família, o emprego, deixar os amigos, clima, alimentação são fatores cruciais na hora de se fazer um intercâmbio. Acostumar-se com o clima irlandês é um desafio diário, o frio é suportável, a única coisa que jamais vou conseguir dizer que gosto é o vento, e como venta nessa ilha !!! Seja no inverno, na primavera ou no verão, dia ou noite, ensolarado, nublado ou chuvoso ele estará presente! Guarda-chuva aqui é dispensável, o melhor mesmo é uma boa capa de chuva e uma blusa como proteção para o pescoço ou um cachecol. A alimentação não é algo que nos deixou muito preocupados, no começo o intercambista acaba gastando mais do que deve, comprando produtos desnecessários e isso tudo faz parte, é uma fase de experimentação, você se pergunta diversas vezes, Será que isso é bom? Por vezes vai acabar comprando errado, afinal a barreira linguística ainda é um obstáculo. Mas depois de algumas semanas a gente acaba descobrindo o melhor lugar de comprar verduras, onde tem as frutas mais baratas, as lojas de 0,99 centavos, as lojas de 2 euros, os produtos com preço reduzido por causa da data de validade também tornam-se uma opção para todos que vem realizar esse sonho com um orçamento apertado ! Vem o primeiro emprego e acabamos por nos presentear com carne, feijão, farofa, guarana antárctica, afinal se não podemos ir até o Brasil buscar certos produtos, alguém trouxe-os para nós, vide loja brasileira em Dublin.Como é bom poder comprar Pringles, Corneto, Magnum por preços razoáveis. 20 euros por semana, me alimento tranquilamente, será que com 20 reais faria o mesmo? Não gosto de conversões de moeda, afinal eu recebo em euros e gasto em euros.

É muito engraçado no começo olhar para tudo com muito encantamento e 2-3 meses depois achar tudo tão “normal” e as coisas acabam passando despercebidas ao nosso olhar, é tão comum hoje em dia ver os motoristas dirigindo do lado direito do carro e do lado esquerdo da estrada, os ônibus de dois andares. Ah e como é fácil ter um carro desse lado do oceano ! Audi, BMW, Jaguar? Marcas populares ! Como é bom receber toda semana.  A saudade da família começa a bater, 6 meses e o tempo voa, tudo parece tão rotineiro, tudo é tão normal, o frio já não é mais tão frio e um dia de sol parece motivo pare fazer festa, dizer um “Sorry”, “Please”, “Thank you” já fazem parte do cotidiano, dizer “sorry” para poder passar do lado de alguém na rua ou porque você esbarrou em alguém também.Ir à balada e voltar para casa antes das 2 da manha também é novidade, e o mesmo ser humano que não queria deixar sua zona de conforto acostuma-se com algumas mordomias de sua nova vida.

Helen e Canfordy do Zimbabue, nossos primeiros "housemates" em Bray.

Viajar é um dos principais objetivos de um intercambista e é por isso que ele deixa o seu país para realizar este sonho e de repente ele descobre que há empresas aéreas que tonam nosso sonho de conhecer o velho continente alcançavel. Ryanair, Aer Lingus, Wizz Air só para citar algumas companhias, pode não ser o vôo mais agradável que você já teve mas desde que te entregue com vida no destino é o que importa não é mesmo??? Paris, Barcelona, Roma por vezes há apenas 30-50 euros de distância…

Esquiando na neve - Um sonho realizado - Alemanha 2012

Esquiando na neve - Um sonho realizado - Alemanha 2012

A tua adaptação pode ser tão rápida quanto a sua frustração então o segredo é vir preparado, ser perseverante, ter ciência dos obstáculos, focado, se quer aprender inglês faça a lição de casa ( literalmente ), frequente as aulas, estude, procure assistir filmes, faça da sua ida ao supermercado uma aula de vocabulário, se quer viajar, trabalhe, guarde seu dinheiro, batalhe, melhor o inglês para aumentar suas chances de conseguir algo, se quer curtir, vá aos pubs, viaje, faça amizades afinal todos estão aqui por razões diferentes mas com um mesmo sonho em comum.

Eu e Ivy no Aviva Stadium para a Final da Europa League - primeira vez em um estádio, justamente aqui na Irlanda

Intercâmbio

O intercâmbio é a troca de culturas, de costumes, é um aprendizado e um ensinamento ao mesmo tempo e em muitos momentos temos de aprender a conviver com pessoas de diferentes partes do planeta, como foi o meu caso, moramos com africanos e foi uma experiência muito bacana, teve seus altos e baixos como é em qualquer relacionamento. Morar com pessoas totalmente desconhecidas e que não falam a mesma língua que você por vezes chega a ser uma batalha pscológica, nem tudo que queremos dizer conseguimos expressar da mesma maneira que na nossa língua nativa e tudo isso faz parte.

Quando estamos aqui procuramos passar para os nossos familiares e amigos os melhores momentos da nossa experiência, as viagens, as conquistas, o primeiro emprego, o aprendizado da língua, as amizades para que não os deixemos preocupados. Tornamos-nos mais fortes, afinal não é fácil segurar essa barra, apreensão na busca pelo emprego que por muitas vezes garante nossa sobrevivência. “Esconder” as dificuldades do intercâmbio faz-se necessário, os trabalhos que temos de realizar por aqui para que possamos postar uma foto no Coliseu em Roma, na Torre Eiffel em Paris ou no Big Ben em Londres nem sempre mostram o esforço que talvez tenha sido feito para mais aquela conquista.

Mas todas essas escolhas e privações já estavam “programadas” não é mesmo?

A mensagem 

O lance do intercâmbio é curtir cada momento, pensar todos os dias no quanto você lutou para alcançar esse teu sonho, afinal pode ser um momento único em sua vida, um trampolim para saltos maiores em sua carreira ou apenas uma estória para contar aos seus netos, não importa !

Bray - 2011

Sei que minhas ideias parecem um tanto desorganizadas, mas tudo que já vivi por aqui passa em minha cabeça em flashes de segundo e tenho um carinho especial por cada lembrança e espero acumular cada vez mais delas para poder compartilhar com meus amigos, familiares e quem mais queira ouvir sobre estas aventuras que até um ano atrás pareciam figurar apenas em minha mente.Por mais que você planeje todo seu intercâmbio quando você está aqui o seu destino esta para ser escrito, tudo aquele que você já leu em outros blogs, revistas, jornais acontecerá novamente só que você será o personagem principal da história e poderá contar ela da sua maneira daqui em diante, e isso é o que é um intercâmbio afinal!

Bom, chega de blá blá blá e espero que continuem acompanhando o blog nesse próximo ano e que muitas outras alegrias possam ser compartilhadas com vocês!

Aqueles que tiverem paciência de ler e quiser deixar o comentário sejam bem-vindos, quem se identificar também! Um abraço a todos e obrigado pelas visitas e comentários !

Viva o intercâmbio

Anúncios

Saint Patrick’s Day

Olá pessoal, como vocês estão? Espero que bem!! Sei que não tenho feito posts com tanta frequência, mas é que a rotina trabalho-casa-trabalho esgota qualquer um . A Ivana foi para o Brasil de férias e só volta em abril e deve estar sofrendo com o calor por lá e bom vamos ao que interessa…

Hoje volto ao blog para contar um pouco sobre uma das datas mais especiais na Irlanda, se não for a mais especial ! Hoje é o dia de São Patrício ou em inglês Saint Patrick. Também conhecido como Saint Paddy’s day ou Saint Patty’s day. Assim como no Brasil normalmente cada cidade tem seu padroeiro, aqui na Irlanda não é diferente ! Todos se vestem com trajes verdes e saem as ruas para assistir o desfile, talvez é o dia de santo mais comemorado no mundo.

Um pouco de história para vocês..

São Patrício - Padroeiro da Irlanda

Pouco se sabe da vida de Patrício, apesar de ser notório seu nascimento na Bretanha Romana no século IV, em uma rica família Romano-Bretã. Seu pai e avô foram diáconos naIgreja. Aos dezesseis anos, ele foi raptado por piratas irlandeses e levado para a Irlanda como um escravo. Acredita-se que ele ficou em cativeiro em algum lugar na costa oeste da Irlanda, possivelmente em Mayo, mas o local exato é desconhecido. De acordo com sua confissão, Deus lhe disse, em sonhos, para fugir de seu cativeiro para o litoral, onde ele iria embarcar em um navio e retornar a Bretanha. Em seu retorno, logo se juntou à Igreja em Auxere, para se tornar padre.

Em 432, alegou ter recebido um chamado para regressar a Irlanda, porém como bispo, para a evangelização dos irlandeses. O folclore irlandês alega que um de seus métodos de evangelização incluia o uso de um trevo de três folhas para explicar a doutrina da Santíssima Trindade para os irlandeses. Depois de quase trinta anos de evangelização, Patrício faleceu no dia 17 de março de 461, e, de acordo com a tradição, foi enterrado em Downpatrick. Apesar do êxito de várias missões à Irlanda empregadas por Roma, Patrício perdurou como o campeão principal do cristianismo irlandês e é bastante estimado pela Igreja Católicairlandesa e de todo o mundo.

O porquê da cor verde…

Trevo de três folhas - shamrock

Com o passar dos anos a cor verde e sua ligação com o dia de São Patrício aumentou. Fitas verdes e trevos eram usados nas celebrações do dia de São Patrício no século XVII. Dizem que São Patrício usou o trevo para explicar a Santíssima Trindade aos pagãos celtas, com isso, o uso de trevos de três folhas e similares estão intimamente ligados aos festejos. Na rebelião irlandesa de 1798, na esperança de propagar seus ideais políticos, soldados irlandeses vestiram uniformes verdes no dia 17 de março na esperança de chamar a atenção pública à rebelião. A expressão irlandesa “the wearing of the green” (Vestindo o verde), significa usar um trevo ou então outra peça de roupa em referência aos soldados rebeldes.

E eu como não podia deixar de conferir, sai as ruas com meu cabelo verde, uma gravata ” Kiss me I’m irish” e uma bandeira da Irlanda amarrada ao pescoço, claro que ninguém ia me beijar porque eu não sou irlandês, rsrsrs

As festividades acontecem de sexta à segunda, mas o auge da celebração é o desfile no centro da cidade com bandas marciais, carros alegóricos, cavalos e as mais diversas fantasias, claro que bem mais simples do que o carnaval brasileiro diga-se de passagem, mas é uma data para se vestir de Irlanda, usar as cores do país e sentir orgulho, quisera eu que o nosso 7 de setembro fosse assim…Mas em suma, as famílias levam suas crianças que são as que mais se divertem vendo o desfile, além dos turistas é claro! Falando neles acho que deveria haver mais turistas marcando presença do que os locais. É também uma data onde as lojas de souvenirs faturam uma boa grana também, afinal todos querem usar algo verde nesta data, seja um chapéu, bandeira, cara pintada, cabelo pintado…

E assim foi o dia de hoje, como já é de praxe, fiquem com as fotos e espero que tenham gostado! Abraços a todos e até a próxima…

Este slideshow necessita de JavaScript.


Irish Movies ( Filmes Irlandeses )

Olá pessoal, como estão vocês? Espero que bem ! Já que outro dia fiz um post sobre as canções irlandesas, hoje decidi colocar o trailer de alguns filmes “irish” para quem tem intenção de fazer intercâmbio por aqui poder ir treinando o inglês também, afinal aqui você encontra até 4 diferentes tipos de sotaques só na cidade de Dublin ! Após 4 meses aqui acredito que quem consegue entender um irlandês falando consegue se comunicar com qualquer falante da língua inglesa ( exceto escoceses, para entendê-los você precisa estar um nível acima, hahaha ).

Para começar :

Once – 2006

Pelas ruas de Dublin, um músico toca suas composições próprias para arrecadar alguns trocados. Passando um dia por acaso, uma imigrante tcheca se encanta pelas melodias e entra, sem querer, na vida dele. Quando menos percebem os dois estão compondo canções sentimentais juntos, mas encontram algumas dificuldades para dar início a um romance. Ela é casada e ele vem de um relacionamento amoroso frustrado. Fonte: wikipedia.org

The Guard – 2011

Esse é o mais recente , recém lançado há mais ou menos um mês atrás é uma comédia envolvendo tráfico de drogas, chantagem e corrupção em que dois policiais, o primeiro um agente do FBI e o segundo um policial irish tem que unir forças para desmantelar uma quadrilha internacional de tráfico de drogas.

Michael Collins – 1996 ( O preço da liberdade em português)

Em 1916, na Irlanda, Michael Collins (Liam Neeson) é preso em virtude de participar de uma manifestação contra a presença inglesa em seu país. É neste período que ele passa a acreditar que a guerrilha poderá levar seus compatriotas ao fim de uma submissão ao governo inglês, que dura 700 anos. Assim é criado o Exército Republicano Irlandês, o IRA, conseguindo em 1921 realizar o primeiro acordo de paz com os ingleses, quando fundou a República da Irlanda do Norte. Mas a paz almejada foi apenas o início de um conflito entre Irlanda do Norte e Inglaterra, que permanece até os dias de hoje.

Leap Year – 2010 – Ano bissexto

Parte americano, parte irlandês

Anna (Amy Adams) viaja até Dublin, Irlanda para propor em casamento seu namorado Jeremy (Adam Scott) em 29 de fevereiro, dia bissexto, pois de acordo com uma lenda irlandesa, um homem que é proposto em um dia bissexto deve aceitar. Durante o voo para Dublin, acontece uma tempestade e eles devem desviar para Cardiff. Anna consegue chegar com um barco barato até Dingle, apesar de ela ter pago para levá-la até Cork. Em Dingle, Anna pede a ajuda de um trabalhador irlandês, Declan (Matthew Goode), para fazer uma inesperada viagem através do país, com um pequeno Renault 4, que Declan chama de “bebê”, mas que cai em um lago. Então eles continuam com o que podem, para poder fazer o pedido perfeito a tempo. Ela então começa a questionar suas intenções com Jeremy quando começa a se conectar com Declan.

Bom há muitos outros filmes que eu poderia citar, mas isto fica para um próximo post, quem sabe a part II não é mesmo? Abraços a todos e um ótimo final de semana!


Irish Songs ( Canções irlandesas )

Olá pessoal, como vocês estão? Espero que bem. Volto a escrever no blog para falar um pouco sobre irish songs, não música pop como a famosa banda U2, mas sim músicas cantadas nos pubs, músicas folclóricas com letras irreverentes e animadas ou sátiras. Ainda quero ir em um pub e cantar algumas dessas músicas após beber algumas “pints”.

Esta por exemplo:

Há uma parte que diz

“Now everybody’s died so until our tears are dried, We’ll drink and drink and drink and drink , and then we’ll drink some more, We’ll dance, sing and fight until the early morning light. Then we’ll throw out, pass out and then go drinking once again”.

” Agora que todos já estão mortos, até que nossas lágrimas sequem Nós vamos beber, beber, beber e depois beber um pouco mais, Vamos dançar, cantar e brigar até de manha, e então vamos vomitar, desmaiar e beber tudo de novo!! ”

Esta outra também falar de morte e beber:

The night Pat Murphy died – A noite que Pat Murphy morreu

Mais um trecho:

“They went into an empty room and a bottle of whiskey stole, they put the bottle with the corpse to keep that whiskey cold”

“Eles entraram em uma sala vazia e roubaram uma garra de uísque, eles colocaram a garrafa com o corpo para manter o uísque gelado.”

O refrão é : That’s how they show their respect for Pat Murphy, É assim que eles mostram respeito por Pat Murphy, hahaha.

E há muitas outras:

Está versão certamente é mais conhecida quando tocada pelo Metallica, acredito eu que seja a mesma:

Há outra sobre o famoso Leprechaun:

E por fim tem essa música do filme P.S. I love you que teve algumas cenas gravadas aqui na Irlanda na região de Galway:

Steve Earle – Galway Girl

Bom pessoal acho que é isso, espero que gostem e qualquer comentário é bem-vindo, abraços a todos do Brasil e da Irlanda também!