Just another Brazilian Student in Ireland

Posts com tag “Grécia

Grécia – Zakynthos – A ilha

Olá pessoal! Tudo bom com vocês? Espero que sim! Mas um tempinho sem aparecer por aqui massss.. voltei, o bom filho a casa torna como dizem por aí. Pra variar um pouco e comentar sobre as notícias meteorológicas, bom, o de sempre o dito verão já esta se acabando, já se fala no outono e já vejo a movimentação nas estradas, canteiros e mais canteiros de obras pensando lá na frente na probabilidade de neve. Mas no mais tudo bem e tocando a vida.

Porto de Zakynthos – Imagem feita do barco

Continuando a contar como foi nossas férias na Grécia, vou falar como foram os 3º e 4º dias. Não sei se desacostumamos com o calor afinal já estou aqui há quase 1 ano e meio e a Ivana há quase 2 anos e pra nós qualquer 15 graus é motivo de festa afinal é quente, não é? Acho que estamos climatizados e uma futura volta para o Brasil vai ser motivo de bastante queixas ( especialmente da minha parte) sobre o calor. Mas então após divagar um pouco… acho que lá é mais quente que no Brasil rsrs !

Golfinhos nadando rente ao barco e se exibindo para as fotos é claro!

Vamos ao que interessa, bom, seja qualquer a praia que você se hospede por lá, a maioria (como eu já devo ter citado em algum post anterior) dos comércios vivem em função do turismo e portanto só funcionam por temporada e a proporção de agências de locação de carro, lojas de souvenirs, restaurantes, pubs é a mesma do que farmácias no nosso BR, rsrsrs. Mas então a cada esquina encontra-se um local que oferecem passeios pela ilha, cruzeiros que levam as praias mais famosas da ilha ou barcos menores que conseguem entrar nas famosas Blue Caves ( cavernas azuis ). Dentre esses passeios oferecidos optamos pelo cruzeiro que tomava o dia todo, ou seja, das 9 da manha às 5 da tarde para a segunda-feira e na terça decidimos ir em um parque aquático que tomava metade do dia das 11 da manha às 4 da tarde. Em todo lugar pechinchar é valido, afinal se eles não agradarem o turista tem o vizinho que vai fazer você, concorrência é feroz.

Local da primeira parada, fomos nadando até aquela caverna ali.

Mar azul, céu azul, águas cristalinas, montanhas e mais montanhas.

Poseidon’s face, a direita da foto o formato daquela rocha é dito ser o rosto de poseidon.

Eis que chega a segunda e vamos nós dar um passeio ao redor da ilha. O “cruzeiro” tem 3 andares e nós tivemos a feliz ideia de ir na frente tomando sol na lata o dia todo, Ô BELEZA !!! Depois quem sentiu na pele foi eu, LITERALMENTE, mas o que a gente não faz pra agradar a mulherada, huh? Bate foto aqui, foto ali e após umas 2 horas de “andança” chegamos a uma praia a qual não recordo o nome que também tinha uma caverna e foi a nossa primeira parada. Um calor do inferno, mal dava pra colocar o pé no chão no bendito barco que queimava e a gente louco para entrar na água, detalhe 10m de profundidade, 4 analfabetos aquáticos, mas que para NOOOOOSSA Alegria haviam coletes salva vidas e pudemos ( receosos) nadar como peixes !!! A cor da água não precisa ser comentada, o legal era que dava para observar as enormes pedras e em alguns pontos dava para subir em cima delas e parecia até que dava pé !

Acho que eu não menti sobre a cor da água né!?

Alguns passos e já não dá mais pé

Pena que os barcos descarregam todos no mesmo horário e daí fica aquela muvuca, mas nada que atrapalhasse.

Depois de uns 30 minutos continuamos viagem agora com destino a famosa praia Navaggio ou Shipwreck ou Naufrágio em português. O mais legal foi que no meio do caminho apareceram golfinhos exibidos que ficaram nadando ao lado do barco por um bom tempo e como gostam de se mostrar, eram 2 e nadavam de um lado para o outro e às vezes pulavam e davam um SPLASH espirrando água na gente, bom por esse lado valeu a pena ter ficado na parte de traz do navio ( desculpem-me se eu disse frente antes) .

Este é o navio que dá nome a praia atualmente. Estava transportando cigarros ilegais e acabou naufragando ali em 1983. Desde então a praia é conhecida como Shipwreck Beach. Detalhe que eu tirei a foto bem ao lado do nome “Ivana”, coincidência ou destino?

Shipwreck beach, acesso somente de navio ou helicóptero!

Após mais um tempo de navegação chegamos a famosa praia e realmente o local é impressionate, seja pela cor da água que é azul turquesa e ao mesmo tempo azul piscina, seja pelo isolamente do local que só acessível por helicóptero ou barco ou nadando ( desde que você cruze a ilha a nado, hahaha), afinal é apenas a praia e um paredão que torna o local ainda mais interessante. A sua pequena extensão de areia ainda conta com um navio naufragado desde os anos 80, todo enferrujado e todo rabiscado, afinal todo mundo que passa por lá quer deixar a sua “marca”. As pedrinhas brancas talvez sejam o motivo das águas serem tão limpas e cristalinas e o interessante é que mesmo os barcos mais grande chegam bem próximos da areia afinal menos de 5 metros mar adentro a profundidade já ultrapassa os 3 metros. Mais uma vez solicitamos os coletes e pudemos curtir numa boa, que falta faz não saber nadar hãn!? Sem palavras, vale cada momento.

Com barcos menores é possível entrar dentro das Blue Caves.

Continuando o passeio a nossa última parada foi em Xigia Beach que é conhecida como sulphur beach ou traduzindo praia de enxofre. Ela é dividida em duas partes, norte e sul. O cheiro não é tão forte, aliás é quase imperceptível, acredito que pela ação do vento que sopra quase todo o tempo, mas de vez em quando dá para sentir aquele cheirinho de ovo podre, hahahaha, mas a praia é bonita, cheia de pedra, com águas esverdeadas, ainda cristalinas e uma pequenina faixa de areia, é de difícil acesso como pudemos constatar dias depois, mas é assunto de um próximo post.

Xigia Beach, ok essa foto foi feita em outro dia quando fomos de quadriciclo, mas foi a melhor foto que consegui. Essa é praia do enxofre que possui propriedades medicinais.

E assim foi a nossa segunda feira, no final do dia estavamos exaustos, mas ainda teve uma noite típica grega e até entramos na dança ( literalmente), parece mais uma quadrilha como alguns passos de dança gaúcha, sei lá !

A terça feira foi o nosso segundo passeio, mas que não há nada de especial para contar. Para o pessoal que conhece o Wet’n’Wild em São Paulo, o qual eu nunca fui ou o Marina Park no Rio grande do sul que também nunca fui, deve ser a mesma coisa, talvez melhor, talvez pior. Mas eu como adoro tobogãs, toboagua e qualquer que seja a queda livre até a piscina fazendo a adrenalina subir está valendo. Foram algumas horas de relaxamento e saindo um pouco da água salgada e bebendo um pouco de água com cloro, né? Ah, e terminando com o resto de pele que eu tinha até na segunda, afinal depois de um dia todo queimando no sol, na terça para complementar mais sol e as costas arranhadas da diversas descidas nos toboáguas ou qualquer que seja o nome.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Bom, agora chega de “falar” e vou tentar encerrar essa nossa empreitada sobre a Grécia no próximo post, contando para vocês como foi minha primeira experiência dirigindo, sem carteira,aliás nunca havia dirigido na minha vida, pilotando barco, é isso mesmo… NUNCA MAIS ( pelos menos pra mim) e nossa missão de exploração a ilha de Zakynthos.

Tenha uma ótima semana e abraços a todos.


Grécia – Zakynthos

Olá pessoal, como vocês estão? Espero que tudo bem ! Sei que estou há um longo tempo sem efetuar nenhum post mas ainda estou aqui firme e forte em terras irlandesas !!! As coisas tornam-se rotineiras e falta “assunto” para vir aqui e escrever sobre o que acontece conosco na ilha esmeralda. Na verdade muitas coisas seriam novidades para maioria dos leitores mas para mim é algo que já se tornou comum, mas ainda vou tentar trazer novidades antes de voltar para o Brasil.

Bom a bola da vez é a Grécia pela qual estivemos desfrutando de legítimas e merecidas férias por uma semana ! Afinal após exato um ano de trabalho contínuo esta é apenas minha segunda semana de férias, a primeira foi no começo do ano, em pleno inverno onde estivemos visitando a Alemanha, como vocês já puderam acompanhar aqui no blog, aliás esse blog já não deveria mais se chamar VidalemDublin e sim VidalnaEuropa ou VidalpeloMundo, quem sabe não é a hora de uma mudança?

Mas só para começar acho que vou dividir em vários posts, porque tenho muitas coisas para compartilhar com vocês que viajam conosco através do blog e que um dia vão poder contar a mesma história que eu só que com vossos próprios olhos…

Praia Tsilivi – Zakynthos – Grécia
Ficamos hospedados nessa praia em um resort chamado Alexandra Beach Hotel, valeu cada centavo

Nossa viagem para Grécia em maior parte era um sonho da minha esposa-namorada-companheira Ivana que vocês já devem ter percebidos é a minha “modelo” durante as nossas aventuras pelo mundo afora, não que eu não tivesse vontade de conhecer mas não estava em primeiro lugar. Eu estava errado e digo isso com a boca cheia, viajamos por uma semana e foi pouco ! E para aqueles que vão perguntar, mas vocês ficaram só em Zakynthos?! Uma semana é suficiente e duas é o ideal!  O lugar tem diversas praias com aguas azuis cristalinas, turquesa, verde, só de relembrar já ficamos com tristeza ! Passeios de barco, tartarugas, golfinhos, safari, banana boat, mais ilhas menores, cavernas, montanhas…

Praia de Marathonisi – Zakynthos – Grécia
Um dos últimos dias do nosso passeio

Como esse vai ser apenas um post introdutório, posso dizer de antemão…

– Tudo que você vir nas fotos sobre Zakynthos, esqueça ! É tudo mais bonito ao vivo e à cores;

– A Grécia todo em si é muito quente no verão, prepare-se para um calor de rachar e mesmo a noite as temperaturas ficam na casa dos 23-27 graus;

– Irlandeses, Ingleses, Alemães, Italianos, Russos, Servos são a grande maioria de turistas na ilha;

– O local é totalmente voltado ao turismo, funcionando literalmente de março a outubro, após essa época restaurantes, mini-mercados, pubs deixam de funcionar e voltam suas atividades no ano seguinte.

– A comida grega é excelente, comida farta, salada grega é ótima, queijo feta também, mas para aqueles que não gostam de experimentar algo diferente há diversos restaurantes com comida italiana, inglesa, mexicana, indiana. Até McDonalds e KFC tem na ilha.E o melhor de tudo a comida é barata !!!

– Há falsificação de tudo, Louis Vitton, Gucci, Ray Ban, Prada.. HAVAIANAS !!! Relógios, bolsas, chinelos, bermudas, camisetas;

– Topless é praticado.. dessa eu não sabia!

– Dá pra dirigir sem carteira de motorista, sem capacete, eles fazem de tudo para agradar aos turistas !! rs!

São tantas coisas que não consigo lembrar de tudo mas a partir do próximo post comento como foi a viagem, o que fizemos nos primeiros dois dias e muito  mais fotos…

Shipwreck Beach ou Navaggio Beach – tradução livre Praia do Naufrágio, motivo pelo qual diversos turistas vão visitar Zakynthos, realmente um dos lugares mais bonitos do mundo.

Abraços e até a próxima.