Just another Brazilian Student in Ireland

Posts com tag “Daft.ie

Mudamos para Dublin!

Olá pessoal, como vocês estão? Espero que bem! Pois é como prometido estou aqui para contar novidades. No último post eu havia dito que tinhamos mudado e agora finalmente o blog faz jus ao seu nome, afinal vidal em Dublin que morava em Bray? Tava estranho isso né.O certo seria Vidal na Irlanda, mas…

Trabalhando duro – working hard

Aqui na Irlanda as coisas mudam muito e muito rápido, e foi isso o que aconteceu, semana passada eu trabalhei em um Call Center e pra ser síncero eu e mais 10 brasileiros ganhamos provavelmente o dinheiro mais fácil de nossas vidas. Bom vou explicar, uma empresa especializada em recrutamento e call center aqui em Dublin nos convocou para um projeto de 1-2 semanas( o que infelizmente durou somente uma semana) e a nossa missão era escutar gravações(em português) referentes ao cartão Mastercard e preencher em um formulário via web. Até aí tudo bem só que o mais engraçado é que só fizemos algo na sexta-feira após as 2hrs da tarde. De segunda à quinta fomos para a empresa e “tinhamos” que ficar “usando” a internet até que algo aparecesse, rs! Alguns até aproveitaram o tempo “livre” para mandar currículo, outros ficaram no facebook.É acho que outra oportunidade como essa só no dia de São Nunca.

Na sexta-feira o projeto acabou mas por outro lado a Ivana me ligou dizendo que lhe ofereceram uma vaga na cozinha industrial da empresa, ou seja, teriamos que nos mudar para Dublin. Explico. Como morávamos em Bray e o trabalho na cozinha pode começar 4, 5 ou 6 da manha era impossível chegar no trabalho pois não há transporte público disponível nesses horários entre Bray e Dublin.

Começou a nossa busca por apartamento, casa, studio, etc. No sábado visitamos 3 locais. Uma casa em condomínio fechado próximo ao trabalho da Ivana, muito bonita, espaçosa e organizada, porém o preço era um pouco salgado. O segundo local uma casa também mas não em um condomínio, um pouco mais afastada do local de trabalho da Ivana, e o preço era um pouco menor e a terceira era um flat bem pequeno e com o qual não simpatizamos muito, e a nossa busca continuava.No domingo agendamos mais duas visitas, a primeira era um apartamento próximo da igreja St Patrick’s , 15 min do centro, 15 min do trabalho da Ivana, gostamos do local e decidimos fechar. Na segunda já fizemos a mudança e aqui estamos.

Tudo muito rápido não? Pois é achar um novo local é uma questão de tempo e paciência e porque não sorte? Aqui na Irlanda tem um site chamado daft.ie que, muito útil por sinal e que nos ajudou a encontrar um novo lar das 2x que precisamos.

Nosso quarto

Sala de estar – living room

É isso aí então pessoal, abraços a todos, bom final de semana e assim que tivermos notícias colocaremos no blog. Até breve

Anúncios

Home Sweet Home

Olá pessoal, como vocês estão? Espero que bem. Bom hoje gostaria de falar um pouco sobre o local que vivo e das pessoas com quem vivo. Mas antes de tudo permitam-me começar do começo, rs ! Quando cheguei na Irlanda no dia 5 de abril há quase dois meses, minha grande preocupação era onde morar antes de tudo, primeiro porque conviver com pessoas que você conhece, seja pai, mãe, irmãos, avôs, avós em geral já é uma tarefa complicada, então imagine morar com estranhos, pessoas que você jamais teve algum contato antes e de repente elas irão fazer parte da sua vida por um mês, um ano… e adicione a isso hábitos totalmente diferentes do quais você está habituado e para ajudar na comunicação uma língua diferente da sua, afinal você está na Irlanda para aprender inglês não é mesmo?

Pois então, no começo quando cheguei precisava encontrar um lugar o mais rápido possível, primeiro para poder regularizar minha documentação e por fim para que nos tranquilizássemos quanto à moradia, conforto, etc. Utilizando-me do daft.ie ( site dedicado a pesquisa de imóveis, acredito que o mais popular na Irlanda) começamos a busca, visitamos 3 ou 4 lugares em Dublin, um muito pequeno, sem guarda-roupa e o preço não era tão atraente, o único ponto a favor era a localização, um outro que visitamos era em local não muito bem visto em Dublin o qual prefiro não citar e para complementar o quarto era no porão da casa, era um quarto amplo e com suite porém o preço era salgado. E quando você só tem duas semanas para encontrar um lugar não dá para ter muita frescura. Estávamos na casa de amigos em Bray e começamos a procurar no daft.ie novamente e eis que havia um quarto por 300 euros em uma rua bem localizada de Bray. Eu liguei e fomos visitar no mesmo dia ! Agora vou abrir um parenteses para explicar algumas coisas:

Aqui na Irlanda é muito comum entre estudantes, ou estrangeiros dividirem uma casa que é chamado de Sharing.Ultimamente com a crise alguns irish tem cedidos quartos de suas casas para aumentar o orçamento $$$.

Letting é quando você aluga a casa e fica incumbido de colocar outras pessoas, ou não, depende de você , se você tem bala na agulha. Os preços variam entre 750 até…

Os tipos de quarto geralmente são:

Single-room – quarto para solteiro;

Twin-room – um quarto com duas camas de solteiro.

Double-room – quarto para casais, pode ser com suite ou não, e o preço aumenta também.

Shared-room – quarto com duas ou mais camas, esse é o mais comum e também a opção mais barato.

OBS: Imagens meramente ilustrativas.

Algo interessante aqui na Irlanda é que as casas em sua maioria são todas mobiliadas, acho que é dificíl de encontrar uma casa que não é. Aqui não se paga pela água, mas paga-se pela eletricidade a cada 2 meses e gás, este último usado com mais intensidade no inverno devido as baixas temperaturas, outra coisa difícil de se acostumar são as torneiras, ou são muito quentes ou muito frias.Em alguns lugares amigos nossos pagam pelo aluguel e eletricidade, gás e internet já são inclusos no valor.

Mas voltando assunto, visitamos a casa, conversamos com os donos da casa e apesar de termos gostado sempre fica aquela pulga atrás da orelha e então optamos por responder em dois ou três dias. Eis que na quarta-feira decidimos fechar com eles.

Vamos lá, nossos “housemates” são do Zimbábue!!! Isso mesmo, aqui na Irlanda tem pessoas do mundo todo e essa diversidade cultural é muito legal. Não posso afirmar mas no Zimbábue acho que o inglês é uma das línguas oficiais e a língua falada por eles é Shona. Moramos com um casal, a Hellen e o Canford – ‘Can’ e o irmão do Can cujo nome é Paddy. Eles são fanáticos pelo Manchester United e também por carne. Um fato curioso é que eles comem com as mãos e toda noite é obrigação da mulher trazer um pote com água para que ele lave as mãos antes de comer e após a refeição.Em suma é uma experiência única e interessante.

Sadza – o arroz com feijão dos zimbábuanos.

Conviver não é uma tarefa fácil e para poder curtir a experiência do intercâmbio é necessário se abster de muitas coisas, engolir alguns sapos algumas vezes e por outras se acostumar com a falta de privacidade, mas no final das contas é um aprendizado e sempre vale a pena. As vezes o problema são os outros, as vezes é você, as vezes nenhum dos dois, então tudo é uma questão de aprender a conviver e encontrar o lugar no qual se encaixa.

Então é isso pessoal, acima algumas fotos do nosso lar aqui na Irlanda até o momento ! Não importa se é grande ou pequena o importante é ter um lugar para chamar de lar. Abraços e até a próxima.