Just another Brazilian Student in Ireland

Oslo – Noruega – Part III

Good morning! Bom dia à todos os leitores do blog nessa manha de segunda-feira ensolarada e fria, pelo menos aqui em Dublin ! O inverno está cada vez mais próximo, mas não há o que reclamar visto que a combinação sol + frio é melhor do que chuva + qualqueroutracoisa, rsrs! Volto ao blog para contar sobre o nosso último dia de viagem pela terra dos fjordes! Oslo a capital da Noruega.

Vigelandsparken - Oslo

Após termos pego o bonde, que por sinal era um bem antigo e charmoso, descemos na estação chamada Vigelandsparken , fica a 3 km do centro da cidade e cobre uma área de 320.000 m2.  É um local popular para exposições e atividades ao ar livre, como piquenique e banho de sol.

É constituido por 212 esculturas em bronze e granito da autoria do escultor Gustav Vigeland. As esculturas materializam inerências da existência humana, como o trabalho, a ira, a maternidade, o sexo, a fraternidade e etc. Na entrada principal do parque existem quatro grandes portões, que dão acesso a uma ponte, um obelisco, uma fonte e um playground. Na saída principal existe a escultura de quatro velhos levantando uma criança, que segundo Vigeland, é um simbolo de eternidade.

Gustav Vigeland (11 April 1869 – 12 March 1943) was a Norwegian sculptor. Gustav Vigeland occupies a special position among Norwegian sculptors, both in the power of his creative imagination and in his productivity. He is most associated with Vigeland Sculpture Park(Vigelandsanlegget) in Oslo. He was also the designer of the Nobel Peace Prize medal.

É uma pena que visitamos o parque no outono ainda mais em novembro onde os dias escurecem as 4h30 da tarde, mas mesmo no final de tarde foi possível perceber que o parque é cheio de turistas e locais, seja para contemplar as obras seja para fazer um piquenique ou levar as crianças para passearem.

Ivana em Vigelandsparken – Oslo
Esculturas em Vigelandsparken
Esculturas em Vigelandsparken – Oslo

Saindo do parque, fomos comer algo e descansarmos para o nosso último dia. Afinal viajar também cansa, né?!

Saindo do parque…
Passeando pelos Oslofjordes

O nosso último dia deixou um gostinho de quero mais, após termos tomado o nosso café da manha( que deixou saudades ) e feito o check-out ( ato de entregar as ‘chaves’ do quarto ) fomos em direção ao porto de Oslo, que em noruguês diz-se Havn. A nossa intenção era ir até um ‘bairro’ de Oslo onde ficam diversos museus, chamado Bygdoy. Lá fica o museu dos barcos vikings. A nossa surpresa foi que quando chegamos ao porto onde pega-se o ferry( barco ) descobrimos que o ferry só funciona na primaver/verão. Conversa vai conversa vem com o capitão do barco, ele nos disse que a única opção era ir de ônibus, mas que poderíamos ficar no barco para um passeio grátis!!! E foi assim que passeamos de barco pelo Noruega, free !! Yahuull…

Foram 45 minutos de passeio e pudemos acompanhar como a paisagem é bonita pois Oslo combina o desenvolvimento com a natureza, árvores e casas e o mar é claro !

Após esse belo passeio, pegamos o ônibus até o museu dos barcos vikings. Na minha opinião não é nada que enche os olhos, mas se você tiver disposição e grana no bolso vale a pena dar uma conferida. Confiram as fotos…

Esta embarcação, funcionava como um barco-caixão, os mortos eram colocados, agora se era levado pro mar ou não, vou ficar devendo esta informação !!!

Pista de esqui em Holmenkollen

Continuamos nosso roteiro agora em direção a Holmenkollen, uma área residencial de Oslo onde fica uma pista de salto de esqui. Dessa vez o meio de transporte foi o metrô, fui muito interessante o percurso visto que dessa vez nos distanciamos do mar e subimos, subimos e pudemos ter uma visão privilegiada da cidade, contemplando o sol se pondo, com o mar ao fundo, as casas aos nosso pés e a pista de saltos ao nosso lado ! É preciso ter muita coragem para descer e saltar, visto que a velocidade e a altura são grandes! A pista que só funciona no inverno e com never, por razões óbvias, fica aberta a visitação no restante do ano, conta com café, loja de souvenirs e até um simulador de saltos. É voltada ao turismo.

Ivana – Icebar Oslo

E para fechar com chave de ouro nosso passeio, retornamos ao centro para visitarmos o local conhecido como Icebar, ou seja bar congelado. A temperatura lá dentro é de 5 graus negativos !!! Uma brisa para os norugueses não é mesmo? haha.. Então a entrada fica por volta de 320 kronas ( ou 20 euros por cabeça ) e você recebe um casaco, ou capa ou sei lá o que e tem direito a um drink. O detalhe é que tudo lá dentro é congelado, as mesas, os copos, o menu. Muito interessante, como fomos no final da tarde não tinham muitas pessoas, mas acredito que de noite deve ser mais agitado. O tempo limite de permanência é de 45 minutos, mas nós ficamos apenas 20, visto que já estávamos com as mãos e a ponta do nariz congelando, no começo parece fácil, mais depois de 5-10 minutos tudo começa a ficar muitooo gelado !! Vale a pena conferir.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Bom acho que era isso pessoal, espero que a leitura não fique cansativa e deixem os seus comentários, semana que vem tem Manchester – Inglaterra nos esperando, abraços a todos na Irlanda ou no Brasil ! Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s